Como ursos ! Ame a seu irmão !

Resultado de imagem para URSO BRINCANDO NA AGUA








Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união.
É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce à orla das suas vestes.
Como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião, porque ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre.

Salmos 133:1-3

Oh ! Que sábias palavras foram ditas por nosso precioso irmão Rei Davi, quando exaltou a preciosidade de estarmos unidos em um Amor Divino ! Quando adentramos em Cristo somos como novas criaturas, esquecendo as coisas que para trás ficaram, prosseguimos rumo ao nosso alvo; Cristo Jesus ! Mas agora, existe um fator muito forte que muitas vezes passamos de alto, nesta mesma passagem que acabamos de citar; " esquecendo " ... Existem pessoas, que muitas vezes se recusam a esquecer, atitudes, falhas e erros, que algum irmão comete está sempre pronto para lhe arremessar em rosto, provocando um desânimo, um chateamento, que muitas vezes culmina até mesmo na desistência na caminhada. Isso é uma atitude nobre de nossa parte ? O que o Senhor Jesus Cristo faz com nossos erros ? Vamos verificar isto na Bendita, Santa e Pura palavra de nosso Deus e Pai. Vejamos o que ele nos diz no livro de Miquéias capítulo 7:18 e 19.


"Quem é Deus semelhante a ti, que perdoa a iniqüidade, e que passa por cima da rebelião do restante da sua herança? Ele não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na sua benignidade.

Tornará a apiedar-se de nós; sujeitará as nossas iniqüidades, e tu lançarás todos os seus pecados nas profundezas do mar."

Aleluia ! Que poderosa Palavra Deus nos tem dito ! Agora, lhes pergunto meus amados, se o próprio Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador aquele que deu sua vida por nós, os lança no mar do esquecimento, e nunca mais lembra-se dele, quem somos nós para apoderar-nos deste direito e julgar a nosso semelhante ? Oh queridos ! Nós não somos em nada melhor uns que os outros, as experiências que adquirimos na caminhada devem nos elevar em um grau maior de humildade ! Devemos ser mansos e humildes ! Como cordeiros ! Na mensagem A Igreja e sua Condição, nosso Profeta nos ensina o que é ser um cordeiro ! É ser manso, doce, não ter direito algum ! A natureza nos ensina, que o cordeiro o unico direito é a lã, e ele cede sem sequer fugir, ou espernear. Agora você como Cristão pensa ter algum direito ? Ouçamos o que diz nosso Profeta amado :

" Você não tem nenhum direito! Você é comprado por um preço, esse foi o preço do precioso Sangue do Filho de Deus, Você não tem nenhum direito legal.Aleluia ! O único direito que você tem, é, vir para a Fonte transbordante com o Sangue que emana das Veias de Emanuel, quando os pecadores mergulham debaixo da torrente que dissolve todas a sua mancha de culpado, Sim, senhor. Esse é o único direito que voc~e tem, é uma renuncia da própria vontade, para Deus, e então Deus, faz a liderança daí por diante, Isso é o que faz o encontro ... Isso é o que causa tantas coisas estranhas, O Espírito Santo se moverá para um lugar, O Espírito Santo dirá, " Isto não é correto, Pare o encontro, mova-se adiante," Eu pararei isto, também, irmão, mova-se imediatamente adiante. Isto é correto, porque você tem de ser dirigido pelo Espirito de Deus, E a única maneira de ser dirigido pelo Espírito de Deus, é manter-se dócil, não conhecer muito."
A Igreja e a sua Condição - 97

Não conhecer muito ... Muito bem ressaltado pelo nosso Amado Profeta; muitas vezes a medida que vamos crescendo e adquirindo conhecimentos e experiências, vamos nos inflando e nos enchendo ! Começamos a nos julgar superiores, uma trágica atitude ! E vamos tendo nosso ego inflado, e o Espírito Santo vai ficando sem espaço em nossos corações para nos guiar, então paramos de receber mais da sua doçura, pois como vamos por conteúdo novo em um copo cheio ? Deve-se esvazia-lo primeiro para depois enchê-lo novamente com água pura ! Da mesma forma somos nós ! Esvazie-se do " EU", do mundo, do conhecimento, tire tudo ! Deixa o Espírito Santo esta fonte transbordante lhe encher ! Sejamos humildes ! AME A SEU IRMÃO !! Se você não tem o bem a falar dele ... Não diga NADA ! Suas palavras o encontrarão um dia ! E terás de dar conta perante Deus de tudo que  tens dito aqui ! Sabia você que cada Cristão porta um pouco da Deidade de Jesus Cristo ? De maneira que muitas vezes falando, de um irmão, você está falando, não somente dele mas do que está DENTRO D'ELE ! Vamos vigiar oh Noiva ! Pequenas coisas nos deixarão fora daquele grande Rapto ! Que está muito perto ! MUITO PERTO !
Quem sabe esta seja nossa ultima oportunidade ! Acerte-se com seu irmão ! Se você tem alguma intriga, corrija isto ! Esteja com sua passagem á mão ! Não deixe que nada lhe faça perder a grande hora que se aproxima ! Esteja certo de Deus ! Ore ! Ore e Ore ! Para que alcancemos este amor Divino ! E não pare ! Até que seu regozijo seja como dos ursinhos e o pote de mel :

" A minha primeira Bíblia foi a natureza. Fiquei conhecendo a Deus através da natureza. E gosto de pescar. Como gosto de pescar! E você gosta de pescar, filhinho? Se você gosta de pescar e quer bem a sua mãe, você vai ser um bom rapaz. E mesmo minha conversão não tirou isso completamente de mim. Assim que, um dia eu estava nas montanhas, pescando. Agora, isto é apenas para o benefício deste menininho. E eu estava pescando lá nas montanhas^E para as outras criancinhas, claro, que se encontram por aqui. E eu estava pescando truta. E, oh, é maravilhosa, a época de primavera. Eu ia assim, e havia uma truta bem no poço seguinte, você sabe, assim. E louvando ao Senhor e aproveitando muito, clamava. Às vezes, deixava a linha cair. Eu acredito em gritar. Amém. Acredito sim. Porque, sei que alguma coisa se apodera de mim. E^ [Espaço em branco na fita_Ed.] Tem muito urso na região lá, em New Hampshire. Tenho um lugarzinho de acampar lá, onde pesco. E eu estava com uma pequena barraca armada, uma barraca pequena na qual estava me abrigando. E urso preto é a coisa mais travessa que existe. Então, uma velha mãe ursa e dois filhotes haviam entrado aí, e eles devastaram a minha barraca! Agora, o que acha que eu deveria ter feito com aquele urso, a menininha lá atrás de cabelo ruivo, lá atrás? Eu realmente deveria ter ido atrás dele, não deveria? Mas eis o que ela fez. Ela entrou, derrubou a minha barraca e espalhou tudo para fora, e comeu toda a minha comida que was chosen after paging. eu tinha aí, e ela estava passando bem. Então quando me aproximei, ela se afastou. E rugiu chamando seu filhote, e um filhote foi correndo com ela. E o outro não queria ir; ele ficou sentado ali mesmo. Estava de costas para mim, assim, e estava fazendo alguma coisa. E eu não tinha nada na mão a não ser uma machadinha. Eu tinha andado cortando uns sabugueiros lá. Bem, ela correu, oh, suponho que até aquele poste de linha telefônica lá fora, e sentou. Ela rugiu chamando este ursinho, e ele não deu atenção. Ele continuou sentado. Pensei: “O que aquele pequenino está fazendo?” Cheguei um pouco mais perto. Eu tinha receio de chegar perto demais, receio dela me arranhar. Então_então eu_eu não podia ver uma árvore, e sei que ela também podia subir. Por isso, e não queria chegar perto demais dela, porque conheço a natureza de urso. Então, cheguei só um pouquinho mais perto. E, sabem o que aconteceu? Agora, gosto de panquecas. Quantos de vocês, meninos, gostam de panquecas? Oh, que coisa! Oh, eu^Todo menino gosta. Vi eles levantarem a mão. Todos nós gostamos de panquecas, e gosto demais delas, e gosto de derramar mel nelas. Sendo batista, você sabe, é isso o que nos mantém endireitados, você sabe, é o mel, você sabe. Por isso, e ouçam, eu não ponho só umas gotinhas nelas, eu as batizo mesmo. Eu realmente derramo até ficar bom e bastante mesmo. Eu não ponho só umas gotinhas aqui e acolá. 


Eu realmente o derramo nelas, deixo-as todas cheias de mel. E então, você sabe, eu tinha um balde de mel ali, um balde de mel de meio galão. E ursos gostam muito de mel. De modo que este pequenino se meteu ali e tirou a tampa daquele balde de mel, e estava sentado ali assim, com este baldinho de mel debaixo de seu braço, assim. Ele pegou o^Ele não sabia comê-lo, como se faz, você sabe, de modo que ele enfiava sua patinha nele e lambia desse jeito, e lambia. E ele virou para olhar para mim e seus olhinhos estavam totalmente cobertos, sua barriguinha estava tão espessa quanto possível, de mel. Ele estava ali só enfiando sua mão e lambendo mel, desse jeito, lambendo com tudo que podia. Oh, que coisa, pensei numa boa reunião antiquada do Espírito Santo, quando abrimos o balde, enfiamos nossa mão na vasilha e lambemos. Continuamos, você sabe, lambendo. E entretanto, sabe o que foi engraçado? Depois desse pequenino comer o tanto quanto pôde, ele largou o balde no chão e foi correndo para lá. Sabe o que aconteceu? A mãe ursa e o outro ursinho começaram a lambê-lo, desse modo tirando o mel. Então, bem, talvez a nossa reunião seja dessa natureza, espero, para que possamos continuar a contar para outros, e a glória de Deus cair sobre nós. Muito bem."

Rev. William Marrion Branham - Demonologia - Estado Físico.
Postar um comentário
  • Google Comentário usando Google
  • Facebook Comentário usando Facebook

Nenhum comentário :