Um Super Sinal. Parágrafo: 127.

Irmão, quando eu vejo Deus, o Deus do céu, ser confiscado de Seu trono, de Sua beleza, e de tudo o que Ele era para nascer em cima de um monte de esterco, ser envolto em panos, e ser ridicularizado por Seus sinais e Suas maravilhas, para ser chamado de um demônio; devo eu estar envergonhado Dele? Não, senhor. Deixe o mundo clássico fazer o que eles querem fazer. Para mim Ele é o Super Sinal. O Espírito Santo em mim grita. Pode me fazer agir estranhamente e ser um louco para este mundo, mas não posso negá-Lo, Aquele que fez tanto por mim. Ele tomou o meu lugar na morte. Ele tomou o meu lugar no Calvário. Ele fez todas estas coisas. Ele condescendeu do céu, dos tronos branco-pérola para se tornar um homem, para provar o meu sofrimento, passar por minha tentação, para saber como ser o tipo certo de mediador em mim, para me conduzir e me guiar para a Vida Eterna . E por sua pobreza me fez rico. Através da Sua morte me deu Vida, Vida Eterna. Não negue-O. Não tenha vergonha Dele. Não se envergonhe Dele. Mas abrace-O e diga: "Sim, meu querido Senhor, dá-me como destes a eles no dia de Pentecostes. Senhor, dá-me o Espírito Santo. Derrama-O em meu coração. Não me importa o que os adolescentes digam. Não me importa o que o mundo diga; eu não estou olhando para eles. Estou olhando para Ti. "O que é isso, unir-se à igreja? Não, o Super Sinal, Emanuel, Deus conosco.

William Marrion Branham.